segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

A biografia de Moisés

A biografia de Moisés

A vida de Moisés foi dividida em três etapas: Palácio, Egito e Passagem do
povo. Moisés foi um homem de Deus, servo do Senhor e deu a sua vida para
salvar o povo de Deus. Ele foi um homem que foi muito usado por Deus, pois ele
era pesado de língua, ou seja, tudo indica que ele era gago ou que tivesse
dificuldade em falar.
Naquele tempo, o rei mandou que as parteiras matassem todos os meninos,
antes mesmo que eles nascessem, porém as parteiras eram tementes a Deus e
não fizeram o que o rei ordenara. Então o rei foi procurar saber porque os meninos
ainda estavam nascendo e as parteiras diziam que as hebreias eram muito forte e
guerreiras. De fato as hebreias eram fortes, mas também elas queriam proteger as
hebreias. Então, Deus abençoou grandemente as parteiras e o seu povo de
maneiras que foi se multiplicando os povos na terra e ficando cada vez mais forte.
Moisés foi encontrado pela filha de Faraó, num cesto no Rio Nilo, (o rio dos
egípcios e o considerado mais sagrado entre eles) quando foi se banhar, e tendo
pena do bebê pegou e o criou. Aproximadamente de 3 a 6 anos, ele foi criado com
a sua mãe, pois ela quem o amamentou e o criou, e depois de amamentado
passou a morar no palácio com a filha de Faraó, até já virar homem-feito (até 40
anos.). Quando pois passou a morar com a filha de Faraó, ela deu o nome de
Moisés, pois disse: “Das águas o tirei”
Moisés era um homem que tentava resolver as suas coisas de sua maneira.
Certa vez ele viu um egípcio matando um hebreu, e irou-se, e resolveu matar o
egípcio. Então, ele teve que fugir para Midiã e lá ele resolve refazer sua vida e
constitui uma família. Seu sogro se chamava Reuel.
O povo de Israel estava passando por um sofrimento muito grande, então
Deus viu o sofrimento e teve misericórdia do seu povo e quando Moisés estava
levando o rebanho do seu sogro Reuel, atrás do deserto e quando chegou ao
monte Horebe (o monte de Deus), e apareceu o anjo do Senhor numa chama de
fogo, num meio de uma sarça e Moisés olhou e eis que a sarça ardia, mas não se
consumia, então Moisés ficou curioso, pois a via que a sarça não queimava e Deus
vendo que ele se aproximara, chamou pelo nome de Moisés e ele o respondeu. E
Deus chamou Moisés para voltar ao Egito e liderar o povo, tirar desse sofrimento e
levar para uma terra, onde eles passariam a viver. Moisés usava todo argumento
possível para não ir, mesmo assim Deus insistia nele e garantia vitória no final e de
que estaria com ele em todo tempo. Moisés era pesado de língua, ou seja, tudo
indica que ele era gago ou que tivesse dificuldade em pronunciar a palavra, mas
Deus pede pra Arão ajudar ao seu irmão Moisés.
E Deus começou a falar que Ele é o Deus de teu pai, o Deus de Abraão,
Isaque e Jacó, Moisés encobriu o seu rosto pois temeu olhar para Deus. E Deus
começou a falar com ele, e contou das dores do povo, do sofrimento do seu povo
no Egito, e o clamor deles tinham chegado a Ele. Só que Moisés se achava
incapaz pois ele era pesado de língua, ou seja, tudo indica que esse ”pesado de
língua” ele quer dizer que ele era gago ou que tinha dificuldade ao falar. Apesar de
tudo, Deus teve misericórdia de Moisés, e usou o seu irmão Arão, para comunicar
com o povo.
Quando Moisés chega ao Egito, Deus pede a Moisés que vá falar com Faraó
para deixar que os filhos de Israel vá cultuar a Ele. Moisés falou tudo que o Senhor
havia lhe ordenado e Faraó então, depois de Deus ter endurecido o seu coração,
Ele diz que não vai deixar o povo ir. E um dos principais motivos de Deus
endurecer o coração de Faraó era mostrar que não existe outro deus além do
Senhor. Então a partir desse momento Deus manda as pragas, e cada vez que
Faraó diz que não, as pragas vão piorando. Ao todo foram 10 pragas.
Deus faz Moisés passar por várias provações para mostrar que Ele é o único
Deus a ser adorado. Depois da última praga, que é a morte dos primogênitos,
Faraó deixa o povo ir. O mesmo Deus que endureceu o coração de Faraó,
endureceu novamente o coração de Faraó de maneira que ele se deu conta que o
povo de Israel tinha saído do Egito, e assim o perseguiram só que eles não
conseguem porque Deus fez com que Moisés abrisse o Mar Vermelho para o povo
de Deus passar. Depois que o povo passou, Deus fez com que o mar de fechasse
e Faraó e todo seu exercito morreu afogado.
Mesmo depois de tantas provas de amor que Deus deu ao seu povo, eles
ainda continuaram reclamando de tudo.
Deus falou a Moisés, no monte Sinai, e foi ditando para ele que escreveu
numa tábua de pedra e leu para o seu povo tudo que Deus havia lhe ordenado.
Tudo que o povo deveria ou não fazer. Deus lhe disse tudo que tinha que falar ao
povo acerca de Leis, tais como: Acerca dos altares, dos servos, da violência, da
propriedade, civis e religiosas... E assim, depois de Deus ter dito tudo a Moisés,
ele e Arão passaram tudo para o povo.
A vida de Moisés se resume em 3 etapas:
1º) 0-40 – Palácio
2º) 40-80 – Egito
3º) 80-120 – Passagem do povo
Mas teve momentos na vida de Moisés que ele desobedeceu a Deus, como
por exemplo, no momento em que Deus pede para ele falar com a rocha para sair
água, e em vez de falar com a rocha, ele a fere. Por isso Deus não deixa ele
chegar a terra prometida. Ele apenas avista antes de sua morte a terra, mas ele
não entra por causa da sua desobediência.
Moisés foi o grande autor do Pentateuco, ou seja, dos livros de (Gênesis,
Êxodo, Levíticos, Números e Deuteronômio). No Velho Testamento, o Pentateuco é
chamado de: Lei, Livro da Lei, Livro da Lei de Moisés, Livro de Moisés e outros. Já
no Novo Testamento o Pentateuco é chamado de: Livro da Lei, Livro do Senhor e
outros. Cada livro que Moisés escreveu, inspirado por Deus, trata de uma coisa
diferente.
Nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, com quem
o Senhor houvesse tratado face a face, no tocante a todos os sinais e
maravilhas, que, por mando do Senhor, fez na terra do Egito, a Faraó, a todos os
seus oficiais, e a toda a sua terra, e no tocante a todas as obras dc sua poderosa
mão, e aos grandes e terríveis feitos que operou Moisés à vista de todo o Israel."
Dt.34:10-12
*As dez pragas do Egito, Êx 7 a 12.
*Guiados por uma coluna de nuvem e uma coluna de fogo, Êx.13:21
*Secam-se águas do mar Vermelho, Êx.14
*Ao estender a mão sobre o mar, voltaram as águas, destruindo o exército de
Faraó, *Êx.14:27
*Tornam-se doces as águas de Mara, Êx.15:25
*Codornizes enviados no deserto, Êx.16:13
*Supre-se maná durante 40 anos, Êx.16:35
*Água da rocha em Refidim. Êx.17.6
*Água da rocha em Meribá, Nm.20:13
*O monte Sinai fumega e treme porque o Senhor desce sobre ele, Êx.19:18
*As tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus, Êx.31:18
*O rosto de Moisés resplandece, Êx.34:29
*O fogo, do Senhor consome extremidades do arraial, Nm.11:1
*Miriã torna-se leprosa e fica curada em resposta a oração de Moisés, Nm.12
*Morrem os espias que infamam a terra, Nm.14:36
*A terra se fende e traga a todos os homens que pertencem a Coré, Nm.16:32
*A vara de Arão floresce, Nm.17
*Vinte e quatro mil mortos em Baalpeor Nm.25:9
*Não envelhece a roupa, nem incham os pés durante os 40 anos, Dt.8:4
O primeiro cântico, escrito por Moisés e conservado para nós, é o hino de ações
de graças entoado por ele e pelos filhos de Israel na margem do mar Vermelho,
Êx.15; Tendo acabado de escrever os livros da lei (Dt 31 .24), compôs um cântico
para o povo, Dt.32; Existem ainda dois outros hinos, Dt.33; e Sl.90
A morte de Moisés
Moisés morreu aos 120 anos de idade, só que antes da sua morte, ele viu
a terra prometida. Moisés subiu das campinas de Moabe ao monte Nebo e o
Senhor lhe mostrou toda a terra, mesmo ele não tendo pisado na terra prometida
pois havia desobedecido a Deus, ele pôde ver de longe, toda a terra. Então,
naquele monte, na terra de Moabe, morreu Moisés depois que o Senhor lhe
mostrou a terra prometida e Deus o sepultou num vale, na terra de Moabe. A
morte dele foi um mistério, tanto é que ninguém sabe o que realmente aconteceu.